Igreja Batista Vale de Bênção

Menu

Home » A Igreja

Igreja Batista Vale de Bênção

 

“ Ao quarto dia eles se ajuntaram no Vale de Bênção; pois ali louvaram ao Senhor.
Por isso aquele lugar é chamado o Vale de Bênção até o dia de hoje. ” 

2 Cr. 20.26

Nossa história

A Igreja Batista Vale de Bênção – Ministério Pr. Darckson Lira foi fundada no dia 25 de setembro de 1982, a partir de uma visão de Deus ao pastor Francisco Darckson Silva Lira (in memorian), então um jovem de vinte e um anos, que permaneceu no cargo de Presidente até o dia de seu falecimento (25/02/2015) aos cinquenta e dois anos de idade. Eram sete jovens sonhadores liderados pelo pastor Darckson Lira, que nos primeiros dias se reuniam para adorar e orar a Deus assentados em almofadas sobre o chão, numa pequena casa alugada na Rua Samuel Gonçalves nº 176, no bairro Parquelândia, em Fortaleza, Ceará, Brasil.

A escolha do nome da igreja foi baseada no livro de 2 Crônicas, capítulo 20, verso 26:

“ [...] Ao quarto dia eles se ajuntaram no Vale de Bênção; pois ali louvaram ao Senhor. Por isso aquele lugar é chamado o Vale de Bênção até o dia de hoje. ”
Administrativamente o Ministério Vale de Bênção rege-se pelo seu Estatuto Social, que se fundamenta nas Escrituras Sagradas, na Constituição e nas Leis da República Federativa do Brasil e dos países onde se instalar. Caracteriza-se como instituição civil privada, de natureza religiosa, social, educacional, cultural e beneficente, sem fins lucrativos, sem interesses político-partidários, sem distinção de cor, raça, sexo, profissão e nacionalidade, sendo composta por igrejas e entidades ligadas, que se relacionam obrigando-se ao respeito mútuo, à lealdade e à sujeição aos dogmas de fé e ordem.

A fervorosa fé e determinação que moviam o pastor Darckson Lira, um jovem eloquente, dotado de vasto conhecimento bíblico e agraciado por Deus com carisma e sabedoria, muito rápido proporcionaram àquele jovem o reconhecimento e a honra de ser considerado um dos grandes pregadores de sua época. O pastor Darckson Lira pregou a Palavra de Deus incansavelmente em diversos países e na maioria dos estados brasileiros, em repartições públicas, em empresas e nas mais diversas igrejas não importando seu tamanho, relevância, localização e muito menos suas placas denominacionais. 

Em pouco tempo de fundação a singela casa alugada não comportava os membros e congregados e, pelo seu estilo pentecostal, avivado, a igreja começou a sofrer com atitudes hostis da vizinhança. Por um período a igreja foi mudando para locais maiores e muitas vezes os cultos eram celebrados em hotéis e quadras de escolas. Em certa ocasião foi alugado um bom espaço de propriedade de uma Paróquia da Igreja Católica, um fato inusitado que ganhou grande repercussão naquela comunidade católica, que não admitia aquele contrato de locação. Os fiéis católicos fizeram tanta pressão sobre o padre daquela Paróquia que ele procurou o pastor Darckson para o rompimento do contrato. Além da multa rescisória contratual a paróquia indenizou as benfeitoras que o Ministério Vale de Bênção fizera no imóvel. Com o valor da multa e o apoio dos membros e amigos foi adquirido um terreno para construção do templo próprio, cuja pedra fundamental foi lançada no dia 9 de julho de 1989. Nesse terreno, localizado na Rua Goiás, 817, Pan-americano, em Fortaleza–Ce, foi construída a sede nacional do ministério.

Leia mais

Declaração de Fé

As igrejas do Ministério Batista Vale de Bênção professam as seguinte doutrinas:

I. Creem em Deus Pai, Filho e Espírito Santo, a trindade eterna (João 16:3-7);

II. Creem na Bíblia como sendo a palavra de Deus, regra de fé e prática (1Tm 1:15, 2Tm 3;16);

III. Creem que a salvação que Deus dá ao homem é eterna, desde que testemunhe experiência regeneradora no Espirito Santo (João 5:24);

IV. Creem no batismo por imersão, isto é, nas águas (At 8:86-39);

V. Creem na soberania da igreja;

VI. Creem no Batismo no Espirito Santo e todos os seus dons espirituais (At 2:4; 1Co 12 e 14);

VII. Creem na escatologia bíblica, a seguir discriminadas:
a) O arrebatamento da igreja (1Co 15:51-52)
b) As bodas do Cordeiro e Juízo meritório (Ap 19: 1-9);
c) O período da grande tribulação (Mt 24:15-28, Ap 1:17);
d) A segunda vinda de Cristo (1Ts 4:13-18, Ap 1:17);
e) O estabelecimento do milênio (Ap 20:1-6);
f) O Juízo Final (Ap 20: 11-15); e
g) Novos Céus e nova terra (Ap 21 e 22).

Rede Vale de Bênção

Mídias Sociais