Igreja Batista Vale de Bênção

Menu

Como discipular um cristão que não consegue ler ou escrever?

Crescimento Espiritual  Discipulado  Vida Cristã 

31-03-2017

Alguns anos atrás, tive o privilégio de batizar um novo convertido. Eu rapidamente percebi que esse não seria o típico cenário de discipulado (como se houvesse um). Ele é um homem idoso que não enxerga bem e, mais importante, não consegue ler ou escrever. Essa situação não deve nos preocupar. Deveríamos, na verdade, nos alegrar com essas oportunidades de desafiar nossas práticas comuns, deixar o livro de regras e usar o discernimento para saber como cuidar melhor dessas ovelhas. Deus deseja que tais pessoas conheçam a sua palavra e seus caminhos da mesma forma que os médicos e advogados da sua congregação. Essas têm sido cinco maneiras práticas pelas quais cuidamos daqueles que têm dificuldade para ler bem ou para ler de qualquer modo:

1) Bíblia em áudio

Nunca suponha que você pode dar uma Bíblia a alguém, dizer-lhe que leia as passagens que você recomenda para cristãos recém-convertidos, e pensar que já se esforçou ao máximo. Assim que eu percebi que aquele irmão idoso não conseguia ler, mas tinha um tocador de CD, eu saí e comprei os CDs dos áudios de uma boa tradução da Bíblia. Na semana seguinte, quando fui visitá-lo sem avisar previamente, ele estava ouvindo-os. Ele me diz que passa horas por dia ouvindo a Palavra de Deus sendo lida.

2) Sermões em áudio

Se ele consegue ouvir a Bíblia sendo lida, ele pode ouvir a Bíblia sendo pregada. Todo bom sermão expositivo e fiel é benéfico. No entanto, se esse membro deixa de ir à igreja regularmente por causa de doenças físicas, não se esqueça de fornecer sermões em áudio da sua congregação local. Dessa forma, ele permanecerá conectado com o ministério da sua igreja.

3) Leia a Escritura com eles

Uma das razões pelas quais Richard Baxter foi tão fiel em visitar as pessoas em suas casas foi para verificar se entendiam o que estava sendo pregado e para ler para elas. Muitas delas eram pessoas simples e não sabiam ler bem. Visitar pessoas em suas casas e ler as Escrituras para elas são maneiras sempre frutíferas de servir e encorajar os membros da igreja. Imagine a fecundidade dos seus esforços ao fazer o mesmo por aqueles que não conseguem ler. Você observará que aqueles que não conseguem ler recebem a leitura pública e privada da Escritura mais ansiosamente do que aqueles que sabem ler.

4) Discussão antes do sermão

Tente telefonar e visitar aqueles que têm problemas com leitura um dia antes de ouvirem a palavra pregada. Leia a passagem com eles, compartilhe alguns entendimentos a partir da passagem, os quais você obteve através da sua própria preparação para ouvir a palavra pregada, depois ore para que o Senhor lhes dê entendimento quando se reunirem com o povo de Deus e ouvirem a palavra lida e pregada. Qualquer cristão maduro em sua igreja local pode fazer isso, e eu lhe garanto que qualquer um a quem você servir dessa forma ouvirá a palavra com maior atenção.

5) Use bons materiais para crianças

Frequentemente eu ofereço bons materiais infantis não apenas para aqueles que leem em um nível básico, mas para cristãos recém-convertidos em geral. Bons materiais infantis que são centrados no evangelho não mudam a mensagem, apenas a simplificam. Eu recentemente expliquei o folheto Two Ways to Live [Duas Formas de Viver] a um incrédulo e dei a versão infantil para que ele levasse para casa. Regularmente há cristãos recém-convertidos em nossa igreja lendo The Big Picture Story Bible [Um Panorama da História Bíblica], de David Helm, e em questão de meses, eles têm uma compreensão sobre a história redentiva que, eu acredito, a maioria dos cristãos não têm.

Lembre-se que você não precisa ser extremamente criativo ou pragmático para fazer essas adaptações. Basta pensar como um pastor que não descansará até que todas as suas ovelhas sejam fielmente cuidadas e você terá tudo que precisa para tomar boas decisões em todas as circunstâncias incomuns de discipulado de cristãos recém-convertidos.

via www.voltemosaoevangelho.com


Rede Vale de Bênção

Mídias Sociais